13 de out de 2013

Resenha - Coraline

Olá,
  hoje vou resenhar Coraline de Neil Gaiman.



Autor: Neil Gaiman
Páginas: 160
Editora: Rocco

Sinopse:

A história de Coraline é de provocar calafrios. A narrativa dá muitas voltas e percorre longas distâncias, criando um ‘outro’ mundo onde todos os aspectos de vida são pervertidos e desvirtuados para o macabro. Ao mesmo tempo sutil e cruel, o autor gosta de desafiar as imagens simples dos livros infantis tradicionais. No livro, a jovem Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.

Resenha:

Coraline (não Caroline) vai morar com seus pais em um velho casarão que por ser muito grande foi dividido em quatro apartamentos, mas apenas três deles foram alugados, um deles pela família de Coraline, o outro por duas senhoras que no passado foram atrizes e o terceiro ocupado por um velho que treina um 'circo de ratos'.
Após se mudar para a nova casa Coraline percebe que não há crianças para brincar. 
Coraline está de férias e mesmo com seus pais sempre por perto, pois trabalham em casa, não recebe muita atenção.
Ela explora o jardim, conhece os novos vizinhos e um estranho gato preto, tudo para passar o tempo.
Em um dia chuvoso a mãe de Coraline a proíbe de sair de casa e isso a deixa entediada. Então, por sugestão de seu pai Coraline continua sua exploração dentro de casa e encontra uma porta, curiosa pede a sua mãe que abra a porta e descobre que havia apenas uma parede de tijolos, mas Coraline passa vários dias pensando naquela porta. Até que um dia, pega a chave e ao destrancar a porta se surpreende, pois encontra um corredor escuro.
Ao atravessar o corredor Coraline encontra exatamente a mesma coisa que deixou do outro lado, seus pais, seus vizinhos, seu jardim enfim tudo, porém de uma forma melhorada.
Diante disso Coraline precisa escolher em qual dos dois mundo quer ficar.

Adorei o livro. Tem personagens bem construídos e várias ilustrações muito legais.
Mesmo sendo um livro infanto-juvenil pode agradar a várias idades.
História pra criança? Não, história pra qualquer um que goste de um bom livro.

Frases:

"Quando você tem medo e faz mesmo assim, isso é coragem."

"Mas eu nunca me cansarei de você,nem tampouco vou abandoná-la.Estará sempre segura aqui comigo."

"O céu nunca parecera tão céu, o mundo nunca parecera tão mundo."

"Você precisava aprender uma lição, mas nós temperamos a justiça com a misericórdia aqui: amamos o pecador e odiamos o pecado."

Capas:

 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram