14 de nov de 2013

Resenha - Cilada

Olá,
   hoje vou resenhar Cilada de Harlan Coben.

Titulo: Cilada
Título original: Caught
Autor: Harlan Coben
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Minha avaliação: 
Skoob

Haley McWaid tem 17 anos. É aluna exemplar, disciplinada, ama esportes e sonha entrar para uma boa faculdade. Por isso, quando certa noite ela não volta para casa e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia dela, todos na cidade começam a imaginar o pior. O assistente social Dan Mercer recebe um estranho telefonema de uma adolescente e vai a seu encontro. Ao chegar ao local, ele é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida. Na junção dessas duas histórias está Wendy Tynes, a repórter que armou a cilada para Dan e que se torna a única testemunha de seu assassinato. Wendy sempre confiou apenas nos fatos, mas seu instinto lhe diz que Mercer talvez não fosse culpado. Agora ela precisa descobrir se desmascarou um criminoso ou causou a morte de um inocente. Nas investigações da morte de Dan e do desaparecimento de Haley, verdades inimagináveis são reveladas e a fragilidade de vidas aparentemente normais é posta à prova. Todos têm algo a esconder e os segredos se interligam e se completam em um elaborado mosaico de mistérios. Harlan Coben mais uma vez deixa o leitor sem ar. Cilada fala de culpa, luto e perdão em uma trama repleta de reviravoltas surpreendentes. Nada é o que parece e tudo pode ser desfeito até a última página.

Resenha:

Ninguém Consegue Escapar Das Próprias Mentiras

Wendy Tynes é uma repórter que em seu programa persegue e prende pedófilos.
Dan Mercer é assistente social dedicado a seu trabalho.
Haley McWaid está desaparecida.

Tynes elabora uma cilada para Mercer com objetivo de denunciar mais um pedófilo, para isso ela se passa por uma adolescente no SocialTeens, uma rede social, e pede que ele vá a uma casa sem que ninguém saiba.
Dan Mercer não tem família, não se sabe quase nada sobre ele e poucas pessoas acreditam em sua inocência.

A família McWaid vive um pesadelo: Sua filha mais velha está desaparecida há três meses e não há nenhuma pista que indique o motivo. Nada em seu comportamento leva a crer que ela fugiu de casa. A família teme pelo pior. 

Dan é o grande mistério do livro e o que mais me chamou atenção, ao ler o livro você fica querendo saber se ele é ou não inocente. Gostei bastante do livro, Coben é um ótimo escritor. O ponto negativo do livro é que a família McWaid é pouca explorada. O final é realmente surpreendente, imaginei um final até metade do livro e depois disso tudo foi mudando. 

Frases:

"_ Não acho que Dan Mercer fosse pedófilo. Nem que tenha matado ninguém. Portanto, sim, Wendy, acho que você arruinou a vida de um inocente."

"Ninguém consegue se ouvir no meio de tanto barulho."

"Chega de fingimento. A prostituta morta iria ganhar, quando muito, dois parágrafos no pé da página de um jornal local, enquanto emissoras de TV do país inteiro haviam anunciado o desaparecimento de Haley. Então? Era óbvio, não era? Por que ninguém dizia?"

"Às vezes... ou quase sempre... não existe um porquê."



Um comentário:

  1. Oie :)

    Até hoje só li Não conte a Ninguem do autor e gostei bastante, quero ler Cilada logo pois tenho certeza de que irei adorar. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram