6 de nov de 2013

Resenha - A maldição do tigre.

Olá,
  resenha de A maldição do tigre de Colleen Houck.

Título: A maldição do tigre.
Título original: Tiger's Curse.
Autor: Colleen Houck
Páginas: 342
Editora: Arqueiro
Minha avaliação: 
Skoob


Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

Resenha:

Dois príncipes indianosforam amaldiçoados a 300 anos atrás, por causa da maldição eles precisam viver em corpos de tigres. Um dos príncipes, Diren, foi capturado e agora vive em um circo.
Kelsey completou 18 anos recentemente, perdeu os pais em um acidante quando era mais nova, vive com uma família adotiva e precisa de dinheiro para pagar a faculdade, por isso procura trabalho e acaba indo trabalhar em um circo onde conhece o tigre Ren.
Ela fica encantada com aquele tigre branco de olhos azuis e se apega ao tigre, mesmo sem perceber. Depois de um tempo ela descobre que o tigre na verdade é um príncipe e que ela é a escolhida da deusa Durga para quebrar a maldição.

Gostei bastante do livro, é uma história diferente e os mitos hindus foram muito bem pesquisados e colocados na hora certa no livro. Vai agradar a quem gosta de romance e também a quem gosta de aventura.

Frases:

“O rapaz se aproximou de mim cautelosamente, os braços esticados diante de si, e repetiu:
- Kelsey, sou eu, Ren.”

“Regra número dois: Se seu inimigo não puder lutar, então a guerra acabou.”

“O que eu sentia por ele parecia complicado demais para definir, mas logo se tornou óbvio para mim que a emoção mais forte que eu sentia, a que estava agitando meu coração, era… amor.”


Colleen Houck - www.wook.pt

Um comentário:

  1. Oie :)

    Eu quero muito ler esse livro todos estão falando tão bem dele tenho certeza de que irei gostar, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram