30 de jan de 2014

Bullying

Olá pessoal! Fiquei bastante tempo afastada, mas... Estou de volta!

Meu post para inaugurar minha volta, será sobre bullying. Sim, sim. Ontem vi um filme chamado “Bullying Virtual”, que conta a história de uma garota, que após ganhar um notebook e começar a navegar em uma rede social usada por todos em sua escola, tem sua vida transformada em um verdadeiro inferno. Então tive a ideia de procurar por livros com essa temática e trazer aqui para vocês.

Lista Negra

Nick e Valerie eram namorados e sofriam bullying por parte de muitos alunos da escola em que estudavam. Valerie ajudou Nick a criar uma lista, com todos os alvos. Mas logo, a vida dela torna-se um filme de terror: seu namorado atira em todos os alunos que estavam na lista e logo em seguida comete suicídio. Na tentativa de salvar uma das agressoras, ela sofre ferimentos graves e para no hospital. Mas logo, precisa voltar e enfrentar sua família, o Ensino Médio e as lembranças do namorado que ainda ama.






Valentões, fofoqueiros e falsos amigos

Esse é um guia prático, para os jovens aprenderem a enfrentar o bullying. A autora aborda o tema de uma forma direta, trazendo exemplos no cotidiano e muitas dicas.






Antes que eu vá

Eu ia falar sobre esse livro, mas como não li acho que a sinopse falaria melhor por si mesma.


Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente. O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as consequências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.

Vamos refletir mais sobre nossas atitudes. É muito fácil ser o agressor, mas é horrível estar na pele de quem é agredido.

~~Mari Loo

2 comentários:

  1. Ótimo post Mariana, gosto muito de livros que abordam esse assunto. O livro A Lista Negra é meu favorito de vida, simplesmente sou louco por esse livro, ele me tocou de uma forma que nenhum outro o fez. Tenho muita vontade de ler Antes que eu Vá já faz um bom tempo.
    Beijos,
    umviciadoemlivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Felipe. Também me interesso bastante por este tipo de leitura, e estou louca para ler A Lista Negra.
      Beijões.

      Excluir

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram