19 de mar de 2014

Escreveu o que? - Márjorie Barth e M. C. Pereda

Olá,
   continuando com os nossos "Escreveu o que?" especiais com os autores parceiros do blog, hoje será mais uma vez duplo, as escritoras de hoje são M. C. Pereda e Márjorie Barth.






Márjorie Barth












"Mãe, escritora, editora. Márjorie divide seu tempo entre família e os livros.Escrever era um passatempo que iniciou na infância e transformou-se em sua profissão. Desenvolveu o projeto "Ler é Tri Massa" que incentiva crianças e adolescentes a leitura e desenvolvimento da arte criativa."

Livros:

O Destino de Daenerys Caos A Saga de Júlio no Parque dos Delírios
(Clique na imagem para ler a sinopse)

O destino de Daenerys:
Após sofrer grave acidente, a jovem Catarina apaixona-se por seu anjo salvador, porém fica desolada ao ver que seu amor não pode ser correspondido. Misteriosamente DJin cruza o caminho de Catarina, rapaz enigmático e sedutor que se dispõe a realizar três desejos , além de revelar um segredo sobre o passado que mudará o rumo de tudo .






M. C. Pereda


Links: Fan page / Skoob / Site oficial







"Química em formação, doutorada em Farmacologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Maria Del Carmen Velazquez Pereda é um exemplo da mulher bem-sucedida brasileira. Antes pesquisadora doutora, mãe e esposa; agora, para a realização de muito mais que apenas um sonho, escritora.Seu primeiro livro, uma obra de estreia construída por uma vida inteira, está para ser lançado este mês. Diante das ficções água com açúcar que tem tomado aos baldes os espaços nas prateleiras das livrarias nacionais, M.C. Pereda trouxe ao público mais do que apenas um romance, traz ao mercado de literatura de ficção brasileira competência e originalidade para construir uma trama que não se assemelha a nada já publicado por um autor do nosso país. “O Sol Negro – O Retorno das Sociedades Secretas do Vril” vem caminhando com sucesso em direção aos holofotes atentos dos leitores brasileiros. Demonstrando carisma e solidez, alcançou mais de 5.500 likes na página de divulgação do livro no Facebook em poucos dias de veiculação do marketing digital, uma marca a ser invejada vinda de uma escritora estreante na carnificina do universo literário do Brasil.Tivemos a oportunidade de conhecer e conversar com a autora antes do lançamento oficial da obra, a ser realizada no próximo dia 23, na Livraria Cultura do Shopping Villa Lobos. Numa tarde ensolarada da última semana, ela nos recebeu simpática e comunicativa, para conversarmos sobre sua vida e a obra inédita, de moldes inusitados e focos absolutamente originais na literatura de ficção brasileira.Confira a transcrição integral da conversa onde a autora discorreu sobre os aspectos principais do livro e suas motivações, além de instigar muito mais a curiosidade dos leitores."

Livro:

O Sol Negro

Uma trama envolvente baseada em sociedades secretas que ressurgem no Brasil quando muitos acreditavam que tivessem sido apenas um mito na história entre o fim da Primeira Guerra Mundial e o desfecho da Segunda, cheia de fatos históricos aceitos ou controversos. Muita ação, suspense e romance, tornam “O Sol Negro” único em sua narrativa ousada, direta e sensorial. Em 2011, trabalhando como Diretora de Pesquisa Científica em uma indústria farmacêutica de capital germano-americano, a Dra. Maya Angel introduzia às suas principais colegas de trabalho noções sobre o que ela chamava de “a real história do mundo”, a qual era diferente da contada oficialmente nos livros de história. Muito do que ela apresentava às amigas eram informações e personagens provenientes de sociedades secretas, consideradas por ela como mais “positivas” e focadas no bem da humanidade. Em meio a isso, ela narra a história de Francis Bacon como sendo um dos dois filhos escondidos da Rainha Elizabeth I, apontado também como o real escritor das obras de Shakespeare. As vidas de Francis Bacon e Walter Raleigh são brilhantemente mescladas com a do mago real, John Dee, o qual em 1578, juntamente com eles e Francis Drake, o principal pirata da Rainha, escondem em um poço de uma ilha do Canadá, na Nova Escócia, cristais poderosos conhecidos como as “Chaves de Enoch”. Estes cristais eram as chaves para o domínio da poderosa energia Vril, tão procurada pelos nazistas entre 1939 e 1945. Em meio a assassinatos cometidos pela Seita Vril, liderada pelos alemães que a ressurgiram em São Paulo tal qual era na época de Hitler, surge uma caçada pelos cristais que leva a Dra. Maya e seu novo amor, David Bacon, pertencente a uma sociedade secreta com boas intenções intitulada Sociedade Thule, a resgatar os cristais, antes que eles caíssem em mãos perigosas. Assim, desesperadamente, Maya, David e seus amigos, seguem por vários locais e sítios históricos nas Américas, culminando com o resgate de David Bacon em 12 de Dezembro de 2012, no platô de Marcawasi no Peru, após terem conseguido ativar os cristais, assim gerando uma grande transformação, tanto no planeta como na vida deste casal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram