20 de dez de 2014

Resenha: Ele Está de Volta (Maratona Literária #EuTôDeFérias)



Ele Está de Volta
 Ele Está de Volta

Timur Vermes
Intrínseca
Ano de 2014; 304 páginas

Preço: R$ 17,00 até R$ 30,00

As coisas mudaram: não há mais Eva Braun, nem partido nazista, nem guerra. Hitler mal pode identificar sua amada pátria, infestada de imigrantes e governada por uma mulher. As pessoas, claro, o reconhecem — como um imitador talentoso que se recusa a sair do personagem. Até que o impensável acontece: o discurso de Hitler torna-se um viral, um campeão de audiência no YouTube, ele ganha o próprio programa de televisão e todos querem ouvi-lo. Tudo isso enquanto tenta convencer as pessoas de que sim, ele é realmente quem diz ser, e, sim, ele quer mesmo dizer o que está dizendo. Ele está de volta é uma sátira mordaz sobre a sociedade
contemporânea governada pela mídia. Uma história bizarramente inteligente, bizarramente engraçada e bizarramente plausível contada pela perspectiva de um personagem repulsivo, carismático e até mesmo ridículo, mas indiscutivelmente marcante.

Resenha:




Bom porém decepcionante. Como ser bom e decepcionante? Simples, a culpa é minha, esperei por mais, mas não é isso que a sinopse do livro causa? Imagine Hitler, agora imagine Hitler acordando em 2011, o Führer não entenderia nada e proporcionaria ao leitor boas gargalhadas e ao mesmo tempo boas criticas. É, eu me enganei.

"- Quantas bombas ainda teríamos que lançar nas cidades deles até entenderem que são nossos amigos?"

O tema é ótimo, tinha tudo para ser um livro nota 5, daqueles que você precisa reler. Eu gosto desse tema, eu gosto de história e de falar sobre a segunda grande guerra, e imaginei que o autor saberia levar esse livro de forma sensata, porém sem deixar que o personagem deixasse de ser Hitler, ele até pode ter conseguido, mas não li sobre Hitler em 2011.
O livro é muito mais sobre o passado, ao menos nas 100 primeiras páginas só li sobre como era a vida de Hitler durante 2ª GM, não esperava que o autor não o fizesse, alguém que não conhece quase nada sobre essa época se perderia e não entenderia nada, mas não é necessário focar nisso, quem leu ou quer ler Ele Está de Volta quer que a leitura seja sobre 2011 e as frustrações de Hitler com esse tempo.

" - O Senhor também fez alguma coisa, não fez?
- Fiz?
- Essa semelhança, por favor! Todo mundo quer saber quem conseguiu isso. 
- Cara senhora, não tenho a menor ideia do que está falando!
- De operações - retrucou ela, nervosa - E o senhor finge que não fizeram nada aí. Não seja ridículo!
- Claro que houve operações! - retruquei, irritado - Leão-Marinho, Barbarossa, Zitadelle..."

Sabe as gargalhadas? Elas viraram risinhos e depois não existiram mais, quando o personagem principal conhece a internet ou  o conteúdo da TV nos tempos atuais, esperamos algo engraçado, mas o autor não é dos melhores em fazer dessas cenas as mais engraçadas, ele acaba mais uma vez voltando a falar sobre o passado. Já a critica está ali, quando mostra que em todos os canais o conteúdo é praticamente o mesmo e nenhum deles pode acrescentar algo em nossa vida, o autor faz a critica e deixa isso claro. Hitler devia ser um personagem cômico, não é, mas é nesse ponto que o autor acrescenta mais uma de suas criticas, será que não estamos rindo de "Hitlers"? No livro o personagem vira um sucesso na internet e mostra que estamos o tempo inteiro rindo de coisas preconceituosas e nem mesmo percebemos. Outra critica é sobre politica e como um politico escolhido pelo povo pode deixar de ser apoiado pelo mesmo.

"- Isso é bom. O senhor não escreve essas coisas?
- Por quê? Eu já sei.
- Eu teria medo de esquecer."

Eu arrastei a leitura, sei que só li o livro inteiro porque fazia parte da maratona #EuTôDeFérias e já não tinha mais tempo para trocar, se não fosse por isso nem teria chegado até a página 100, teria deixado o livro para uma próxima tentativa. O livro no geral é bom, eu realmente gosto do tema, as criticas foram algo que gostei e o autor escreve bem apesar de não conseguir desenvolver tão bem esse tema. Mas fica com nota três por ser menos do que eu esperava.




Nos acompanhe:



Instagram: @blogpagina394
E-mail: pag394@outlook.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário