13 de abr de 2015

Séries | iZombie



iZombie
Canal: CW |  País: 
Duração do episódio: 40 minutos
Em exibição
Episódios até o momento: 4
Próximo episódio: 1x05 - 14/04/2015

"Olivia "Liv" Moore tinha bochechas rosadas, era disciplinada e médica residente com sua trajetória de vida completamente traçada... até a noite em que ela foi a uma festa que a transformou, inesperadamente, em um frenesi zumbi. Agora, transformada em morta-viva, ela conseguiu um emprego no departamento legista para ter acesso aos cérebros de que deve se alimentar para manter sua humanidade. Mas, a cada cérebro que ela consome, ela herda parte da personalidade e a memória que nele habitava, assim ela acaba ajudando a solucionar assassinatos."






Liv tinha uma ótima vida, estudava medicina, tinha um ótimo noivo e uma vida regrada e planejada. Ela era a moça bonita com vida perfeita que todos querem ter, em uma noite um pouco antes de seu casamento uma colega do hospital em que trabalha decide convidá-la para uma festa, seu noivo aconselha que ela vá e curta uma das últimas noites que terá sozinha e Liv da uma chance para a diversão. Infelizmente essa única chance muda tudo em sua vida, de um dia para o outro ela se vê sem nada planejado, sem seu noivo e, o pior de tudo, sem sua vida, afinal ela é um zumbi.

iZombie chamou minha atenção assim que começou a ser divulgada, quando vi algumas imagens ela logo entrou para a lista de próximas para assistir, deduzi que apesar do tema ela seria um pouco mais leve que o normal para séries de zumbis. O que não sabia é que a série teria seu lado policial, gênero que sempre me desanima depois de alguns episódios, essa história de episódios sempre com a mesma formula não é pra mim, porém junto com seu lado policial vem a história de Liv e sua sobrevivência como zumbi e um lado cômico da série que traz leveza.

O normal de séries que tratam do tema zumbi é mostrar a história do ponto de vista dos humanos e zumbis com cabeças dilaceradas e entranhas a mostra. O diferencial de iZombie é fazer exatamente o contrario, zumbis que podem até se passar por humanos, bonitos até demais, e Liv contando sua história, aqui entra a parte leve, se isso vai virar uma epidemia ou apocalipse depois estamos no começo disso e por agora zumbis não são um problema.

A parte cômica da série fica para Liv, que ganha a personalidade dos donos de sua refeição do dia e seu chefe no departamento legista, que quer todo tipo de DNA que Olivia possa dar. Mas não pense é por isso que a série deixa o drama de lado, é tudo bem pesado na série e a atriz Rose McIver, que interpreta Liv, é grande responsável por isso, sabendo a hora do drama e da comédia.


Outro ponto interessante da série é nos mostrar a mudança na vida de Liv, ela continua convivendo com seus amigos e familiares, porém larga seu trabalho e noivo contra sua vontade, não come mais as mesmas coisas que antes e nem dorme mais, além disso precisa controlar a fome. Ela precisa conviver com essas mudanças sem passar isso para as pessoas com quem convive.  

Até o momento a série tem quatro episódio e não decepcionou, se tenho que apontar algo diria que quero ver mais sobre o motivo de Liv ter virado zumbi e um pouco do lado faminto da personagem, porque não da pra comer uma vez e não sentir fome, não acham?

Os fãs de zumbis mais no estilo The Walking Dead podem ir desistindo de encontrar algo parecido. Temos que lembrar que a série é da CW, um canal mais conservador, que provavelmente vai deixar a série no que está, nenhuma mudança muito grande deve acontecer.

A primeira temporada terá treze episódios e pode-se dizer que começou bem. É apenas o começo de uma série que pode durar um bom tempo e conquistar alguns fãs se continuar nesse ritmo, consertar pequenos erros e nos contar mais sobre o que transformou Liv.


Então queridos, estão ai minha dica e meu ponto de vista, espero que tenham gostado e que assistam nem que seja só pra saber do que se trata a série. Não esqueçam de nos acompanhar nas redes sociais caso queiram saber mais sobre nossas postagens. Até logo!


Nos acompanhe:



Instagram: @blogpagina394
E-mail: pag394@outlook.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram