16 de mar de 2015

Resenha | Para Sempre Ela



Para Sempre Ela
Para Sempre Ela
Flávia Duduch
Sem editora
Ano de 2014; 210 páginas


"Depois de anos sendo escolhida para ser o centro das pegadinhas e gozações no ensino médio, o tempo passa e Hannah se torna uma mulher, acima de tudo, forte. Entretanto, essa força seria suficiente para sobreviver a um tiro e descobrir que o médico que salvou sua vida é ninguém mais, ninguém menos, do que toda a fonte de seus problemas no ensino médio? Ela diz que perdoou Frank, mas Frank ainda não se perdoou por ter feito ela passar por tudo aquilo. Talvez esses sejam os motivos que fizeram Hannah deixar que ele se aproximasse, só que, diferente da última vez, agora é para sempre. Sentimentos que foram enterrados no fundo da alma de ambos irão voltar À tona... E tudo por causa de uma bala perdida que acabou acertando Hannah de raspão."

Resenha


Todos passamos pelo ensino médio e sabemos que essa pode ser uma época não tão boa, sempre existe um escolhido para ser o "estranho" da vez, mas imagine passar toda a época da escola sendo chamada de "Palito", ser alvo de uma aposta e, quando finalmente consegue seguir em frente, reencontrar a pessoa que a fez passar por isso, mas que nunca esqueceu de verdade.


"Mas porque diabos ninguém entendia nesse mundo que eu não fazia nada? As pessoas gostavam de implicar uma com as outras para se sentirem um pouco melhores do que realmente se sentem e não por eu ter começado qualquer tipo de provocação."

O livro nos apresenta Frank, médico, divorciado e dedicado ao trabalho. É trabalhando que ele esquece todos os seus problemas e a vida solitária que vive. Ele ainda é assombrado pelo passado e pelo nome Hannah, não esquece como foi cruel com alguém que desde o inicio amou.

Hannah é bem resolvida, apesar de na época da escola ser chamada de "Palmito ou Palito" pelo grupinho de garotos populares isso nunca foi um grande motivo para desistir, apenas um episódio a fez realmente mal, ser alvo daquela aposta tornou seus dias seguintes os piores e quando finalmente sua vida seguia em frente sem problemas, um acidente a faz lembrar tudo pelo que passou.

"— Ele teve que levar um tiro para que eu percebesse o que realmente valia a pena. E o que eu estou tentando te passar agora, é que Frank olha pra você do mesmo jeito que Fabian me olhava e... Deus, isso é o tipo de coisa que só acontece uma vez na vida. Ou pelo menos, duas, se você for uma pessoa muito sortuda. Sei que você levou a porcaria daquele tiro e talvez Frank apenas percebeu a mesma coisa que eu percebi quando estava no hospital esperando notícias de Fabian. Que vocês dois existem, é real, e é para acontecer. Você olha para ele da mesma forma que ele olha pra você e não adianta negar isso."


Já faz mais de um ano que queria ler um livro de Flávia Duduch e essa parceria chegou no momento certo. Eu estava precisando de um romance, desses de rir de como o destino é cruel e ficar angustiada por certos desencontros. Qual história se encaixa mais que a do popular e da "estranha" que se encontram depois de anos?

O livro é narrado capitulo por Frank e outro por Hannah, o que foi muito importante, não deixou nenhum detalhe passar. Além de cada capitulo ter o título com o nome do narrador, caso não tivesse seria fácil reconhecer cada um deles. 

Os dois são personagens fortes e convivem com seus problemas. Frank é daquelas pessoas que se encontram no trabalho, depois de tantas decepções e arrependimentos seu coração está fechado e ao reencontrar Hannah tudo o que precisa é se perdoar e provar para ela que a ama. Já Hannah nem é tão preocupada com o passado, já o perdoou, mas reencontrar Frank a deixa com medo de se machucar outra vez, por isso foge, até seu coração mostrar que não é isso que a faz feliz.

"— Nós somos um acaso, então? – ele pergunta baixinho novamente. Agora sua boca está bem perto do meu ouvido e fico feliz porque percebo que, de alguma forma, minhas palavras conseguiram reconfortá-lo.
— O acaso mais lindo que já me aconteceu. – respondo e vejo Frank abrir um sorriso que faz meu coração ficar em paz novamente."

O livro não é só mais um romance, pra mim ele meio que se divide em duas partes, o reencontro, em que eles precisam entender o que está acontecendo e a confiança, quando eles precisam se convencer e mostrar para o outro que ninguém vai se machucar mais nessa história.

Não posso não falar dos personagens secundários, nunca gostei tanto desses personagens, Elena e Beth são uns amores, melhores amigas que estão ali para mostrar a verdade para Hannah e Frank. Achei essas duas de grande importância para o livro.

O livro é envolvente, se não tivesse tantas outras coisas para fazer, quatro ou cinco horas seriam suficientes para terminar a obra e a escrita é das melhores, não me arrependi nem um pouco por querer ler um livro da Flávia. A leitura é deliciosa e a história fácil de entender, lembrei dos primeiros livros que li.

Enfim, o livro é ótimo, infelizmente ainda não foi publicado, depois dessa leitura fico aqui na torcida para que logo vocês possam ler Para Sempre Ela, os amantes de romance e leitores que procuram por um bom livro vão adorar.


Bom, espero que tenham se interessado pelo livro, como disse infelizmente ele ainda não foi publicado, mas eu espero de verdade que logo ele esteja em várias estantes e agradeço a escritora por confiar no blog. Enfim, se você ainda não segue o blog, siga, comente e nos acompanhe nas redes sociais.





Nos acompanhe:



Instagram: @blogpagina394
E-mail: pag394@outlook.com
 

2 comentários:

  1. Muito obrigada pela resenha Carol,
    fico feliz que tenha gostado!
    Abraços,
    Flávia Duduch

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não conhecia o livro antes de ler a postagem do blog "li até a pagina 100",eu gostei bastante da sinopse dele,apesar de não ser muito fã de livros que mostram aquela coisa de os personagens não se darem bem, um deles ser maltratado pelo outro ou que envolva bullying,só pra depois sem nenhuma explicação chegar o amor do nada e BUM.
    Felizmente,pelo que da pra perceber pela resenha é que o livro é bem claro e que os personagens e a historia são bons.
    Tomara que seja publicado logo...

    ResponderExcluir

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram