21 de set de 2015

Conto | Tempestade (Thais Lopes)




TempestadeTempestade
Thais Lopes | Editora Senhor da Lenda
Ano de 2015 | 26 páginas

Já faz tempo demais desde a última chuva. Tempo demais desde que o rio secou. Novos Anjos está condenada – uma cidade livre no meio do que se tornou um deserto, eles não têm a menor chance de sobreviver. 
A última esperança da cidade é Alanna, a bibliotecária humana que passa seus dias entre livros antigos em busca de uma solução... Um milagre, na verdade. Mas essa solução pode estar mais próxima do que ela imagina – e pode ser algo que ela não está pronta para encarar.






Quem acompanha o trabalho de Thais Lopes sabe de sua capacidade de criar universos inteiramente seus, universos nos quais mergulhamos até o último ponto final. Quando se fala de contos, sabemos o quanto essas histórias são rápidas e o quanto é raro ser levado por histórias tão curtas, mas é claro que Tempestade, por ser escrito por alguém realmente bom no que faz, seria uma dessas raridades que encontramos de tempos em tempos.

No conto conhecemos Alanna que vive em Novos Anjos, cidade que é habitada por seres sobrenaturais, metamorfos, vampiros e etc, sendo ela uma das poucas humanas. Há dois anos a cidade vive uma seca terrível, sem chuva, rios secos e poucas chances de sobrevivência. Fica para Alanna a responsabilidade de encontrar nos livros da biblioteca em que trabalha uma solução.

Tempestade nos traz um universo diferente dos livros já escritos por Thais, fico imaginando o quanto foi difícil resumir uma história que poderia facilmente dar um livro - ou até mais - em apenas 26 páginas e além disso escrever algo que leva o leitor para dentro da história. O conto é cheio de pensamentos de Alanna e lembranças de sua infância que acabam sendo importantes para entender o conto, sem contar que todas as cenas nos levam a entender o final da história.

É claro que no fim fica o gostinho de "quero MUITO mais", não é como se faltasse algo, afinal a escritora termina o conto muito bem, mas você simplesmente precisa de mais, quer saber mais sobre esse universo do qual você só teve uma provinha, no qual você só ficou por menos de 1hr, mas não tem a minima vontade de sair.


É isso, como sempre espero que tenham gostado. Peço desculpas pelo tamanho da resenha, é difícil falar muito sobre um conto sem soltar vários spoilers. Não esqueçam que tem sorteio acontecendo por causa do aniversário do blog - clique aqui - e nem de acompanhar o trabalho da Thais - fan page aqui. Abraços e até logo!


Nos acompanhe:

Instagram: @blogpagina394
E-mail: pag394@outlook.com

Um comentário:

  1. Oi!

    Agora o "Marcadores da Kika" também tem blog.
    Agradeço a visita!
    Se gostar e quiser curtir, compartilhar, seguir, comentar ficarei muito honrada! => marcadoresdakika.blogspot.com.br

    ResponderExcluir