1 de ago de 2017

Coluna do Té - Quando a dublagem é 100% BR

Saudações, leitores! Hoje vamos começar uma temporada incessante de Coluna do Té aqui no blog, que deve durar todo o mês de Agosto, então nada melhor do que já começar trazendo um daqueles raros animes cuja dublagem brasileira supera de longe a original, vamos de One Punch Man!



Título: One Punch Man.
Autor: Natsume Shingo.
Estúdio: Madhouse.
Ano: 2015.
Número de episódios: 12.
Nível da dublagem: COMO AMO O BR.

Resumidamente, o anime conta a história de Saitama, um garoto tão frustrado com a chatice da vida que já não se importa em encarar perigos pra poder viver alguma emoção. Após falhar numa entrevista de emprego, Saitama se depara com um monstro siri gigante tentando matar uma criança e decide arriscar a vida para salva-la, assim se encontrando em um novo sonho de se tornar um herói, como sempre quis na infância. Acho que até aqui já deu pra perceber o nível de seriedade que vamos encontrar nesse anime.

Sim, é o mesmo da imagem anterior. Ele ainda tinha cabelo nessa época.
Vou assumir para vocês que já sabia da existência desse anime há um tempo, mas continha a tentação de ir assistir. Ouvia falar dele em todo canto, até mesmo referências a ele em músicas que escuto, mas só fui procurar pra assistir quando começaram as notícias sobre sua dublagem brasileira. Bastou uns memes e videozinhos compilando falas da versão BR que não pude resistir e fui ver se era tudo isso mesmo. Só posso dizer que fico feliz por não ter assistido legendado antes. Que experiência, meus amigos!

O próprio anime já carrega um humor louvável de gostoso. A partir daí é só colocar nas nossas mãos que a cereja do bolo ta garantida. Logo no primeiro episódio, belíssimas amostras da informalidade na fala dos personagens já vão aparecendo, como o homem que vê o siri gigante e corre berrando "DEUS É MAIS!!". Da uma sensação de proximidade com os personagens a cada gíria brasileira usada, tal como aconteceu na dublagem do clássico Yu Yu Hakusho, que também fez história na infância de quem pôde ouvir a frase "A rapadura é doce mas não é mole não" sendo dita por uma animação japonesa.

Yu Yu HakUÉ

Antes de continuar falando da dublagem, quero situar só mais um pouquinho quem ainda não assistiu, até porque essa história é das que merece com força ser reconhecida. Como já ouvi por aí: "Como assistir qualquer outro anime depois de terminar One Punch Man?".

Algo que causa um estranhamento a quem assiste é a espera por uma explicação minimamente lógica pra tudo que acontece. Com o passar dos episódios vamos percebendo que existe um porquê pra esse universo estar repleto de seres sobrenaturais, mas demoramos pra ter alguma palavra sobre como Saitama se tornou o que se tornou. A premissa de tudo é que, três anos depois da decisão de se tornar um herói, Saitama estava forte o suficiente pra matar qualquer adversário com um único soco. Não só matar, mas estourar, despedaçar e quase desintegrar seres colossais, sempre com um único soco. E isso começou a causar uma nova frustração em Saitama, que já não conseguia encontrar algo sequer desafiador pra se divertir. Ao encontrar inimigos, Saitama costuma dizer que é "Só um cara que é herói por diversão", e vive procurando alguém pra travar uma batalha que não termine no primeiro ataque, e isso o da uma personalidade completamente seca e sem emoção a maior parte do tempo, o que foi bem aproveitado ao máximo na dublagem.

Talvez o único frame onde o adversário não virou amoeba depois do soco.
Enfim, tem muito pra falar sobre o anime, e se eu puser tudo aqui, nem eu vou conseguir ler até o fim, mas o importante por hoje é compartilhar a emoção de estar assistindo um anime e ouvir coisas como "Opa, quebrei a bagaça", "Eu fiquei tão surpreso que a minha voz despirocou", "Já terminou de rodar a baiana?", "Amigão, cé ê bobo, é? Nem o pessoal do telemarketing é tão tosco assim" e nunca ficar tempo demais acostumado com o jeito da dublagem sem acabar sendo surpreendido por falas inesperadas. E, dentre elas, a mais bela e representativa fala de todas as já proferidas pelo protagonista durante todo o anime: "Ata".


Por hoje é isso, leitores! Tenham certeza que, depois dessa experiência, One Punch Man vai aparecer mais vezes aqui pelos posts, então corram pra assistir que vale muito a pena. aZeus a todos e até semana que vem!

-Té.




Página 394 no facebook: facebook.com/BlogPagina394

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram