15 de jan de 2014

Top 5: Livros que deviam ter continuação


Olá,
  no Quarta-feira top de hoje vou falar sobre os livros que eu gostaria que tivessem continuação, aqueles livros que me deixaram curiosa quanto ao que acontecia depois ou que eu sinto falta dos personagens e por isso adoraria uma continuação.

5. Como eu era antes de você
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.


Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Como eu era antes de você tem um fim bem triste e eu adoraria saber mais sobre o que acontece com Louisa, é um livro muito bom e eu adoria ler uma continuação.

4. A culpa é das estrelas
Autor: John Green
Editora: Intrínseca

Mais informações em: www.aculpaedasestrelas.com A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

A culpa é das estrelas todos conhecem e sabem que o fim nos faz querer uma continuação, depois de ler o livro saber o que acontece com a Hazel é uma das coisas que mais quero.

3. Quem é você, Alasca?
Autor: John Green
Editora: WMF Martins Fontes

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".

Mais um livro do John Green, mas esse não me deixa tão curiosa no final, o livro está nessa lista porque eu quero mais Alasca, quero mais Miles, quero mais desse livro.

2. As vantagens de ser invísivel
Autor: Stephen Chbosky
Editora: Rocco

Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.

As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.

Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.

Mais um que está aqui porque sinto saudade dos personagens, As vantegens de ser invisível é um dos livros que mais gosto e adoraria uma continuação.

1. O futuro de nós dois
Autor: Jay Asher e Carolyn Mackler
Editora: Galera record

É 1996, e menos da metade dos alunos das escolas de ensino médio nos Estados Unidos já tinham usado a internet. Emma acaba de ganhar o primeiro computador e um CD-ROM da America Online de Josh, seu melhor amigo. E ao instalar o programa, logo no primeiro acesso, descobrem que acabam de entrar no Facebook, dali a quinze anos. Todos se perguntam como será o futuro. Josh e Emma estão prestes a descobrir...

Esse é um livro que fala do futuro dos personagens a todo momento, porém não fala sobre o que realmente aconteceu com eles depois e por isso fiquei tão curiosa, é um livro que pode até parecer incompleto por não dizer o que acontece com os personagens, mas muito bom.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram