17 de fev de 2014

Resenha - A desconstrução de Mara Dyer

Olá,
  mais uma semana começando e temos novamente resenha aqui no blog, a resenha de hoje é do livro A desconstrução de Mara Dyer, primeiro romence de Michelle Hodkin.

A Desconstrução de Mara Dyer
A desconstrução de Mara Dyer
Michele Hodkin
Editora: Galera Record
Páginas: 378
Ano: 2013
Minha avaliação: ♥♥♥
Links:  Michelle Hodkin / Skoob

Um grupo de amigos... Uma tábua ouija... Um presságio de morte. Mara Dyer não estava interessada em mensagens do além. Mas para não estragar a diversão da melhor amiga justo em seu aniversário ela decide embarcar na brincadeira. Apenas para receber um recado de sangue. Parecia uma simples piada de mau gosto... até que todos os presentes com exceção de Mara morrem no desabamento de um velho sanatório abandonado. O que o grupo estaria fazendo em um prédio condenado? A resposta parece estar perdida na mente perturbada de Mara. Mas depois de sobreviver à traumática experiência é natural que a menina se proteja com uma amnésia seletiva. Afinal, ela perdeu a melhor amiga, o namorado e a irmã do rapaz. Para ajudá-la a superar o trauma a família decide mudar para uma nova cidade, um novo começo. Todos estão empenhados em esquecer. E Mara só quer lembrar. Ainda mais com as alucinações - ou seriam premonições? - Os corpois e o véu entre realidade, pesadelo e sanidade se esgarçando dia a dia. Ela precisa entender o que houve para ter uma chance de impedir a loucura de tomá-la....
Resenha:

“Tirei os olhos de Claire e concordei, conseguindo abrir um sorriso. Claire fez o mesmo. Rachel relaxou, mas eu não. Por ela, no entanto, tentei engolir a raiva e o descontentamento conforme nos ajeitávamos para assistir o filme. Rachel colocou o DVD e apagou as velas. Seis meses depois, as duas estavam mortas”

Mara era uma menina normal e não estava nem um pouco interessada em mensagens do além ou qualquer coisa do tipo, mas sua melhor amiga sim e para não estragar a felicidade da amiga decidiu brincar.
Alguns meses depois um acidente acontece, suas amigas e seu namorado morrem durante o desabamento de um prédio, mas Mara continua viva, porém sem lembranças do dia do acidente.
A família de Mara decide mudar de cidade e isso pode ser uma nova chance, um novo começo para ela, mas as alucinações ainda a atormentam.

Quando se lê tantas resenhas positivas e recebe tantas indicações sobre um livro a expectativa para a leitura é enorme. Depois de ver a capa e ler a sinopse, fiquei cada vez mais empolgada com o livro e no fim toda essa expectativa e empolgação valeram a pena.
O primeiro romance de Michelle Hodkin te prende da primeira página à última palavra e a autora sabe como construir uma trama que surpreende.
São poucos os personagens que posso dizer que gosto de verdade e nesse livro consegui gostar de todos, nenhum tem apenas o lado bom ou ruim, todos são muito reais.
O romance está presente e na minha opinião não é exagerado, porém são as cenas mais romanticas as mais completas, algumas cenas deviam ser mais bem escritas para ficarem mais vivas em nossas memórias, afinal com toda essa divulgação envolvendo o sobrenatural e o mistério são essas as cenas que deviam marcar o leitor.
Um final totalmente inesperado e surpreendente. Espero ansiosa pela continuação e tenho certeza de que será ótima.

Um comentário:

  1. Oi Carol :)

    Sou louco nesse livro e fiquei muito animado por tudo o que você disse. A capa e a sinopse me chamam muito a atenção e creio que irei comprá-lo até o final de Março. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram