11 de mai de 2014

Feliz dia das Mães!

Olá,
    feliz dia das mães! Não sou boa fazendo homenagens, mas vou deixar aqui um trecho da crônica Ainda bem, do livro Da boca pra dentro, assim o dia não passa em branco.


"[...] Dedicação. De não ter e ainda assim me dar, de me pôr em primeiro lugar, de defender, me apoiar e participar cegamente de tudo que eu fui capaz de inventar: dançar em festa da primavera aos onze, procurar uma amiga que mudou de cidade aos quatorze, dormir na calçada por um bom lugar num show aos dezesseis, temporadas com o grupo de teatro até os dezenove, festinhas e abrigo da galera em casa aos vinte e três. 
E foram quantos os ingressos, passeios, presentes, remédios, tempo e suor que me deu pra me ver feliz? E em quantas fases mais ganharei teu cuidar e deverei ser grata? Teu amor atemporal, teu amor de ontem e sempre responde pra mim por antecipação: todas que vierem. E não duvido, tento dar o reconhecimento de quem sabe a riqueza que tem. 
Alguns vão me dizer: você tem sorte. E eu sei, tendo você como mãe só eu sei, que não é sorte, é só amor. Por isso as cartas que até hoje guarda numa caixa antiga, os desenhos da infância, aquela roupinha de quando eu era um bebê. Alguns poderiam lhe dizer: desapega! 
Mas não, mãe não desapega nunca. Mãe é parte e inteira, perto ou longe, no céu ou à nossa volta, um amor que nos enxerga coração fora do corpo. Ainda bem."

Então, é isso. Nada muito longo, mas que mostra toda a força e amor de nossas mães, elas que fazem de tudo para nos proteger e ensinar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram