13 de jun de 2014

Resenha - Por Isso A Gente Acabou

Oláááááá, pessoas! Me desculpem mesmo não ter dado "oi" pra vocês essas semanas, ter postado a resenha direto e talz, mas eu não estava muito bem... :/
Então, como foi a semana? Vendo os jogos da Copa? Torcendo muito? Vamos, Brasil! o/ 
A resenha de hoje é de um livro diferente e desconhecido, que se chama "Por Isso A Gente Acabou", do Daniel Handler (o mesmo autor de Desventuras Em Série, que ele escreveu sobre o pseudônimo Lemony Snicket). Alguém já leu? :)




Título: Por Isso A Gente Acabou
Autor: Daniel Handler
Ilustrador: Maira Kalman
Editora: CIA das Letras
Sinopse: Por isso a gente acabou trata, com a comicidade típica do autor, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slarteron estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas deste romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou. A artista Maira Kalman, autora de diversas capas da revista The New Yorker, ilustrou cada um dos objetos da narrativa, trazendo cor e descontração a esta história dolorida.

Por isso a gente acabou

Por Isso A Gente Acabou é um livro diferente.
Esqueça as menininhas Mary Sue que são protagonistas, esqueça a falta de elementos reais, esqueça a falta de conversas bobas e cotidianas, esqueça os livros sem ilustrações, esqueça tudo. Para você ler e aproveitar o livro, você não pode ter nenhum preconceito. Só para começar, ele é uma carta (uma carta só, nada de troca de cartas) escrita de uma vez só, dentro de um caminhão. Depois, ele tem a personagem principal em uma espécie de "crise existencial". É todo ilustrado. E você não vai ficar sabendo o que aconteceu depois, já que ele acaba no momento que a Min coloca um ponto final na carta.
Tudo nele é incrivelmente real. Os personagens, o jeito que Min escreve, a relação dela com Ed e a amargura depois do término. Ele tem um jeito diferente de aguçar sua curiosidade, já que não há mistério nenhum a ser resolvido. Você já sabe o que acontece: eles terminaram. Mas você quer saber que objetos tem na caixa que Min entrega para Ed, e o que eles significam. Essa é a grande graça do livro: saber o quê representava o relacionamento deles para Min.
As ilustrações dão um toque alegre no livro, e elas são maravilhosas! Kalman tem um talento arrasador! Algumas são acompanhadas de frases, outras ocupam quatro páginas, e algumas são bem simples. Mas elas dão um toque ainda mais especial ao livro.
Algumas partes foram um pouco confusas para mim, já que não sou muito de ver filmes antigos, e Min faz muitas referências (coloca "muitas" nisso!) sobre eles durante a carta. A parte boa é que agora estou com vontade de ver os filmes, a parte ruim é que fiquei sem entender. Então, se você é um apreciador de filmes antigos, vai curtir muito a leitura.
Por Isso A Gente Acabou, apesar de ser incrível, é, na minha opinião, um livro para se ler uma vez só. Como eu disse, a grande graça é saber que coisas representam o romance dos dois para Min, e depois que você já sabe de tudo, perde a graça. Daniel Handler fez muito bem ao escrever um livro em com uma visão tão real e simples sobre o mundo adolescente!

_____________________________________________

Boa noite (ou bom dia/tarde, não sei que horas vocês estão lendo),
espero que tenham gostado da resenha! :)))

Not A Nerd - Era uma vez...
Visitem meu blog, peoples! É só clicar no banner :)


Um comentário:

  1. Já ouvi falar desse livro, mas não sabia sobre o que era. E antes, só de ouvir falar, pelo título, eu já tinha uma curiosidade. Agora tenho mais ainda haha Um dia compro e leio.
    http://sonambulismoliterario.blogspot.com.br/
    Mar.

    ResponderExcluir

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram