30 de dez de 2014

[Série] Salem

Salem

Título: Salem
Inicio: Abril de 2014
País:  Canal: WGNA
Temporadas: 1 (Renovada) Duração: 60 minutos
Classificação: 16 anos

Salem:


Salem é uma série de terror que chegou até meu conhecimento de repente, sabe aqueles dias em que você já atualizou todas suas séries, mas tem tempo para mais alguns episódios? Foi isso, eu tinha tempo, mas não tinha série, fui pesquisar algumas séries que eu gostaria de assistir e lá estava Salem, esperando que eu a encontrasse. Infelizmente nunca tinha nem ouvido falar sobre a série, felizmente conheci antes de ter tantos episódios que teria preguiça de começar.
A série se passa no século XVII e começa quando John Alden ex-namorado de Mary Sibley parte para a guerra, a promessa que faz é de que logo voltaria, porém ela está grávida e Tituba usa isso para atraí-la e tornar Mary uma bruxa, já que na época as punições por estar grávida seriam severas.
Anos depois John retorna da guerra, porém Mary já é uma bruxa, a mais poderosa delas e está casada com George, um homem mais velho, rico e membro do conselho da cidade.


A série é viciante, não há frase que melhor defina Salem. Se comecei a série sem saber o que esperar, hoje sei que devia ter esperado o melhor. Primeiro devo falar da parte visual da série, que não poderia ser melhor, toda parte obscura e sangrenta aconteceu em momentos certos e com aquela ajuda especial da fotografia. O figurino e a trilha sonora ajudaram essas cenas como deviam e essas cenas foram sempre o ponto alto da série.


Os atores dão um show e souberam dar o espaço certo para cada um deles. Os personagens secundários sofrem grandes reviravoltas e transformações. Todos eles crescem durante a série e tomam para si um grande espaço. Como exemplo temos Cotton Mather que passa de líder puritano desprezível à mocinho, cheio de sentimentos, um personagem que poderia perder espaço com a chegada de seu pai e ao contrário disso marca os últimos episódios. Além dele temos Anne Hale, mocinha nos primeiros episódios que termina nos deixando com uma grande dúvida "Anne é bruxa má ou uma grande vítima?" e Marcy Lewis aquela personagem secundária que nós aprendemos a odiar e amamos odiar.


Os personagens que começam com destaque também passam por mudanças e cada um tem seu momento de crescer. Tituba, que considero sim como personagem importante na história, vai de secundária à uma das melhores bruxas da série, John que mesmo sendo importante já no inicio por seus sentimentos por Mary, ganha cada vez mais importância com o passar dos episódios e Mary que talvez devesse ser uma das personagens mais odiadas é, na verdade, uma das melhores, apesar de seu lado "bruxa mais poderosa", Mary mostra também seu lado humano.


Se preciso destacar um lado negativo, destaco que a série tem suas cenas mais chatinhas e perde um pouco o foco por alguns episódios, mas isso não é problema e nem classifica a série como chata. Isso nem é um problema tão grande, os atores e a trama nos fazem querer continuar e se apaixonar pela série. Infelizmente a segunda temporada estreia só em Abril, mas se você gosta de séries e ainda não assistiu Salem, essa é uma boa chance.







Nos acompanhe:



Instagram: @blogpagina394
E-mail: pag394@outlook.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário