16 de fev de 2015

Resenha | Sentinela



Sentinela
Thais Lopes
Editora Senhor das Lenda
Ano de 2015; 299 páginas


Sentinela - Desde sua criação, ninguém atravessara os portões do Reino C'erit. Ninguém sabia o que acontecia por trás deles, ou qual havia sido o destino das pessoas que, tempos atrás, haviam se isolado ali para construir um novo lar. Por isto, até mesmo os Guardiões se surpreendem com a chegada de uma mensagem.

Quando a Arqui-Guardiã Aíla é enviada em resposta ao chamado, ela não faz ideia do que vai encontrar. Mas nem mesmo uma vida inteira na cidade-fortaleza dos Guardiões poderia prepará-la para o que precisará enfrentar: traição, uma nova ameaça à Ordem, e um homem capaz de abalá-la.


Resenha


Em Sentinela conhecemos um novo Sistema de nome Ionessen, onde vivem várias raças em planetas distintos. Conhecemos também alguns povos, Airenis, C'erit, Tairi'alen e Guardiões são alguns exemplos, cada uma dessas civilizações vivem suas próprias vidas, mas as coisas mudam quando os Guardiões recebem uma mensagem dos C'erit. É depois dessa mensagem que a Arqui-Guardiã Aíla precisa ir até os C'erit descobrir o motivo do pedido de ajuda e acaba em uma missão para salvar o filho de Kai Ithar e evitar um massacre.

Para começar um livro da Thais você precisa estar preparado, a originalidade e criatividade dessa escritora vai longe. Tão longe que dessa vez ela nos levou para um universo criado inteiro por ela. Eu fiquei sabendo desse livro no susto, confesso que sou aquela parceira mais tímida e que menos participa, então quando a escritora disponibilizou o livro para os parceiros foi uma grande surpresa para mim.

Sentinela é narrado por Aíla, personagem principal daquelas fortes e decididas, nada de heroínas cheias de dúvidas, a Arqui-Guardiã só fica mais forte a cada capitulo, fato que se fortalece na narrativa, não são necessárias provas além de seus pensamentos e ações para confirmar isso. O que já vejo como característica da escritora, em seu primeiro livro também temos uma personagem forte.

Além de Aíla conhecemos muitos outros personagens, todos de personalidade marcante, mas não é por ter muitos personagens que a história se perde, diferente disso, Thais leva o livro muito bem, em nenhum momento ela deixa que um personagem entre na história sem explicação ou não o menciona depois disso, o que me agradou muito, já que isso vem acontecendo com frequência nos livros que leio.

"Um bom guerreiro não é aquele que pensa em todas as estratégias para vencer, mas sim aquele que não precisa mais pensar."

Quem acompanha o blog sabe que clichês são aceitos apenas em pequenas doses e se o romance virar o assunto principal já não é mais tão recomendado como poderia ser. Amei Thais por ter cuidado com esses fatores, já não esperava muitos clichês já que ela não é disso e o romance é tão simples, delicado e verdadeiro que poderia até aparecer um pouco mais. O romance é construído aos poucos e com suas falhas, é simplesmente real e não fica maior que a história.

Um livro de mil surpresas, acontecimentos inesperados e totalmente imprevisível. Esse é apenas o segundo de muitos livros da Thais, mas só nesses dois ela já conseguiu me ganhar, não digo por ela ser minha parceira, mas sim porque ela não consegue ser previsível, não é possível descobrir o que vai acontecer antes de ler até a última palavra do livro. Se você está cansado de previsibilidade os livros da Thais são os certos pra você.

"Foi desta forma que saímos do castelo e encaramos a multidão nos pés da escadaria. Um único grito se ergueu fazendo com que eu sorrisse ao sentir o que estava por trás dele. Alegria, admiração, respeito, esperança ... Felicidade."

Aíla e Kai Ithar

Não posso escrever essa resenha sem falar do universo criado por Thais, me impressionou a forma como ela foi capaz de criar algo tão completo, criar algo assim exige muita criatividade e dedicação, não é apenas uma cidade nova, é um universo inteiro, com seus mundos, povos e pessoas. Se eu não consigo escolher nem um nome, imagina criar tudo isso.

Bom, foi ótimo ler o livro e é uma honra ser parceira da escritora, recomendo a obra porque se eu conseguisse ver o futuro veria a Thais fazendo muito sucesso com seus livros. Além de escrever, ela também canta e gravou a música que inspirou o livro, meu conselho é que escutem, porque assim como o livro, a música vale muito a pena.














Então pessoas, é isso. Espero que tenham gostado da resenha e se interessado pela história do livro, não esqueça de seguir o blog, comentar e acompanhar nossas redes sociais. E ouçam a música porque é muito boa!





Nos acompanhe:



Instagram: @blogpagina394
E-mail: pag394@outlook.com
 

Um comentário:

  1. Oláááá!
    Adorei conhecer Sentinela - parece ser um livro mágico e incrível realmente, um sistema novo
    Aíla é uma mocinha forte uhullll!
    Adorei a música - fique icom vonta de entrar no universo. Comecei pensando em guardioes da galaxia, mas não mais hahaha
    ja fui marcar como desejado hahaha
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram