25 de ago de 2015

Minhas Animações Favoritas


Eu sei que se alguém perguntar seu gênero cinematográfico preferido talvez você não pense nas animações, mas dizer que elas não tem um espaço especial no seu coração pode ser uma grande mentira. Quem nunca assistiu uma animação que virou amor? E é por isso que separei minhas cinco animações favoritas, vem comigo.


Procurando Nemo ♥ Quem não gosta ao menos um pouco de Procurando Nemo? Posso dizer que foi minha animação preferida durante um bom tempo e Dori a personagem favorita. Um pai que cruza o oceano, enfrentando os seus medos, em busca do seu filho, chega a ser emocionante, não? Pois é e além de deixar essa animação aqui como uma das minhas favoritas fico esperando por Procurando Dori.

"O passado reserva tristes memórias para Marlin nos recifes de coral, onde perdeu sua esposa e toda a ninhada. Agora, ele cria seu único filho Nemo com todo o cuidado do mundo, mas o pequeno e simpático peixe-palhaço acaba exagerando durante uma simples discussão e acaba sendo capturado por um mergulhador. Agora, o pai super protetor precisa entrar em ação e parte numa busca incansável pelo mar aberto, na esperança de encontrar seu amado filhote. No meio do caminho, ele acaba conhecendo Dory e, juntos, a dupla vai viver uma incrível aventura. Enquanto isso, Nemo também vive uma intensa experiência ao lado de seus novos amigos habitantes de um aquário, pois eles precisam ajudá-lo a escapar do destino que lhe foi reservado: ir parar nas mãos da terrível Darla, sobrinha do dentista que o capturou."


WALL·E ♥ Eu adoro Wall·E, já ouvi algumas pessoas dizendo não gostar dessa animação, mas eu já assisti várias vezes e não consigo não gostar ou cansar. Pra mim é uma animação amorzinho que todos deviam assistir e adorar. Eu amo a Eva e todo o recado que o filme passa.

"Após entulhar a Terra de lixo e poluir a atmosfera com gases tóxicos, a humanidade deixou o planeta e passou a viver em uma gigantesca nave. O plano era que o retiro durasse alguns poucos anos, com robôs sendo deixados para limpar o planeta. Wall-E é o último destes robôs, que se mantém em funcionamento graças ao auto-conserto de suas peças. Sua vida consiste em compactar o lixo existente no planeta, que forma torres maiores que arranha-céus, e colecionar objetos curiosos que encontra ao realizar seu trabalho. Até que um dia surge repentinamente uma nave, que traz um novo e moderno robô: Eva. A princípio curioso, Wall-E logo se apaixona pela recém-chegada."


O Rei Leão ♥ Esse nem precisa de muitos comentários, mas ele está aqui porque eu conseguia ser uma criança completamente viciada nesse filme, lá pelos meus oito ou nove anos eu simplesmente assistia os três filmes (sim, três) sem parar.

"Mufasa (James Earl Jones), o Rei Leão, e a rainha Sarabi (Madge Sinclair) apresentam ao reino o herdeiro do trono, Simba (Matthew Broderick). O recém-nascido recebe a bênção do sábio babuíno Rafiki (Robert Guillaume), mas ao crescer é envolvido nas artimanhas de seu tio Scar (Jeremy Irons), o invejoso e maquiavélico irmão de Mufasa, que planeja livrar-se do sobrinho e herdar o trono."


A Bela e a Fera ♥ Ninguém esquece a princesa favorita da infância, mas como se não bastasse ter sido a favorita naquela época, ela consegue ser a melhor até hoje. Amo animação e espero ansiosamente pela live-action e por Emma Watson como Belle.

"Em uma pequena aldeia da França vive Belle, uma jovem inteligente que é considerada estranha pelo moradores da localidade, e seu pai, Maurice, um inventor que é visto como um louco. Ela é cortejada por Gaston, que quer casar com ela. Mas apesar de todas as jovens do lugarejo o acharem um homem bonito, Belle não o suporta, pois vê nele uma pessoa primitiva e convencida. Quando o pai de Belle vai para uma feira demonstrar sua nova invenção, ele acaba se perdendo na floresta e é atacado por lobos. Desesperado, Maurice procura abrigo em um castelo, mas acaba se tornando prisioneiro da Fera, o senhor do castelo, que na verdade é um príncipe que foi amaldiçoado por uma feiticeira quando negou abrigo a ela. Quando Belle sente que algo aconteceu ao seu pai vai à sua procura. Ela chega ao castelo e lá faz um acordo com a Fera: se seu pai fosse libertado ela ficaria no castelo para sempre. A Fera concorda e todos os "moradores" do castelo, que lá vivem e também foram transformados em objetos falantes, sentem que esta pode ser a chance do feitiço ser quebrado. Mas isto só acontecerá se a Fera amar alguém e esta pessoa retribuir o seu amor, sendo que isto tem de ser rápido, pois quando a última pétala de uma rosa encantada cair o feitiço não poderá ser mais desfeito."

Valente ♥ Se Belle é a princesa favorita da infância, Merida é minha favorita agora. Eu amo o filme, amo a fotografia do filme e princesa guerreira é sempre amor. Na primeira vez que vi Merida me apaixonei (ela é ruiva, eu sou ruiva, amei né!) e ao assistir o filme só melhorou.

"A jovem princesa Merida foi criada pela mãe para ser a sucessora perfeita ao cargo de rainha, seguindo a etiqueta e os costumes do reino. Mas a garota dos cabelos rebeldes não tem a menor vocação para esta vida traçada, preferindo cavalgar pelas planícies selvagens da Escócia e praticar o seu esporte favorito, o tiro ao arco. Quando uma competição é organizada contra a sua vontade, para escolher seu futuro marido, Merida decide recorrer à ajuda de uma bruxa, a quem pede que sua mãe mude. Mas quando o feitiço surte efeito, a transformação da rainha não é exatamente o que Merida imaginava... Agora caberá à jovem ajudar a sua mãe e impedir que o reino entre em guerra com os povos vizinhos."


Divertida Mente ♥ É claro que esse entrou pra lista faz pouco tempo, mas é tão difícil Divertida Mente não virar um favorito. O filme é um amor e os personagens ainda mais, toda a história é interessante e muito legal tanto para as crianças quanto para os adultos.

"Crescer pode ser uma jornada turbulenta, e com Riley não é diferente. Ela é retirada de sua vida no meio-oeste americano quando seu pai arruma um novo emprego em São Francisco. Como todos nós, Riley é guiada pelas emoções – Alegria (Amy Poehler), Medo (Bill Hader), Raiva (Lewis Black), Nojinho (Mindy Kaling) e Tristeza (Phyllis Smith). As emoções vivem no centro de controle dentro da mente de Riley, onde a ajudam com conselhos em sua vida cotidiana. Conforme Riley e suas emoções se esforçam para se adaptar à nova vida em São Francisco, começa uma agitação no centro de controle. Embora Alegria, a principal e mais importante emoção de Riley, tente se manter positiva, as emoções entram em conflito sobre qual a melhor maneira de viver em uma nova cidade, casa e escola."

Ah! Amem a Tristeza!


E é isso, minha gente! Espero que tenham gostado dos meus favoritos, deixem ai nos comentários seus favoritos, adoraria saber se algum deles está na minha lista. Nos acompanhem nas redes sociais para saber tudo o que acontece por aqui, abraços e até logo!


Nos acompanhe:

Instagram: @blogpagina394
E-mail: pag394@outlook.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram