30 de dez de 2015

Melhores de 2015





Olá, queridos. No meio de toda essa bagunça que a semana entre natal e virada do ano faz consegui um tempo pra vir aqui deixar uma daquelas postagens clássicas de fim de ano, dessa vez resolvi juntar várias categorias para fazer um resumão do meu ano e declarar que os que estiverem aqui merecem o "troféu 394". São livros, séries, filmes que eu amei ler/assistir e que deixo aqui como recomendação.



Eu já falei aqui no blog que 2015 não foi exatamente o melhor ano pra mim no quesito leitura, mas a literatura brazuca conseguiu me dar as melhores leituras não só na categoria nacional, mas no geral - caso tivesse algo assim nessa postagem.

Karen alvares teve um mês no projeto Brasil e seus mundos, quando decidimos resgatá-lo e eu passei um bom tempo aproveitando seus livros, nessa listinha de melhores livros nacionais deixo dois deles, Inverso, que fez parte do projeto, foi lançado em 2015 pela editora Draco e vem sendo muito elogiado pelos leitores e nas resenhas de blog e Alameda dos Pesadelos, que eu li antes do projeto, mas que com certeza foi uma ótima leitura. 

Montanha da lua foi o livro surpresa do meu ano, confesso que antes de começar não esperava que ele entrasse para minha lista de melhores, mas aos poucos Mari Scotti conseguiu isso. Não levava muita fé e o comecei por causa da parceria? Sim. Estava meio desconfiada pelas partes hot do livro? Também. Mas no fim virou um dos livros "amorzinho" do ano e um dos melhores.

O quarto cavaleiro foi aquele livro que você começa as cegas, não sabia o que esperar e nunca tinha lido nada nem mesmo parecido, mas acabou sendo uma das ótimas leituras do ano. Como disse na resenha do livro ele entrou para a lista de "leituras necessárias" e tudo que eu queria ao terminar era apresentar para todos.

Herança de Fogo não foi livro surpresa, também não foi livro começado as cegas, já tinha lido o primeiro livro da série e conheço Thais bem o suficiente para dizer que você precisa estar muito bem preparado quando começar um livro dela, mas pelo visto não existe como se preparar bem o suficiente e no fim o livro também entrou para a lista de preferidos do ano.


Para essa categoria escolhi apenas três livros - avisei que o ano não foi muito bom. Todos eles lidos lá no inicio do ano e que posso dizer foram os poucos que se salvaram no meio de muito livro mais ou menos.

Cartas de amor aos mortos é o livro polêmica, quem leu esse livro e também leu o famoso As Vantagens de ser invisível percebeu que existe muita coisa parecida entre os dois, geralmente não é algo que eu gosto, mas a verdade é que na época em que li não percebi isso como consigo perceber hoje e talvez por gostar tanto de As Vantagens de ser Invisível ou só por ter gostado do livro mesmo acabo deixando ele como um dos melhores desse ano.

Menina Morta-Viva é, no mínimo, um livro difícil de se explicar. Não tenho uma real noção do quanto as pessoas o conhecem, mas eu já vinha tentando lê-lo há um tempo, até que no inicio desse ano dei aquela chance, o livro foi lido em menos de duas horas e apesar de não ter virado um dos meus preferidos, foi sim uma das melhores leituras do ano.

Mentirosos entrou não só pra lista de melhores, mas também para a de preferidos. A escritora me enganou direitinho durante o livro e me surpreendeu, é outro livro bem difícil de explicar, mas se posso deixar um conselho aqui, digo que leiam.


Antes de qualquer coisa, duas confissões são necessárias: Primeira, essa categoria não ia existir, mas eu não podia deixar de fora uma personagem como essa; Segunda, esse não ia ser o nome da categoria, mas seria difícil colocar aqui um nome para tudo o que penso de Semele. Durante esse ano não li muitos livros com personagens do tipo, por isso decidi dar um "troféu 394: Fight Like a Girl" para essa personagem chutadora de bundas, agradecer a Thais por sempre criar personagens assim e esperar que ano que vem essa categoria esteja bem mais cheia.


Essa categoria é para as séries que não estrearam em 2015, mas que eu assisti durante esse ano. As três escolhidas foram: Penny Dreadful, Orphan Black e Bates Motel. As três me prenderam muito e mesmo que não fosse minha intenção me levaram a maratona, era impossível parar de assistir, todas entraram para a lista de preferidas, principalmente Penny Dreadful, que entre as três é a minha escolhida para o primeiro lugar, com certeza.


Das séries que estrearam em 2015 muitas entraram pra minha grade e muitas me agradaram, pra quem não é de dar uma chance para as séries que estão começando, façam isso, por favor. Para essa categoria escolhi as três melhores - tenham certeza de que isso demorou - e elas são: Jessica Jones, Mr. Robot e Sense8. Não vou falar delas, vou pedir apenas que assistam as três.


Minha melhor animação é, com certeza, muito obvia, mas não podia deixar de colocar Divertida Mente aqui. Adorei o filme e qualquer um que tenha assistido me entende. Até mesmo a dublagem do filme não me decepcionou e sim, eu sou uma chata das dublagens.


Esse ano definitivamente não foi um ano em que frequentei muito o cinema e os filmes não fizeram muito parte da minha vida, ao menos não filmes nunca assistidos antes. Por isso deixei essa categoria para o melhor filme que eu assisti, afinal seria bem difícil dizer um filme de 2015. Escolhi God Help the Girl que foi recomendado pela Mari Borsato, da coluna Forninho aqui do blog, e que eu adorei.


Bom, para não deixar música de fora desse resumão criei a categoria "Música do MEU ano", quem me conhece sabe que eu não sou nada ligada aos cantores que estão na moda, é necessário que eu realmente goste para ouvir e poucos conseguem chamar minha atenção e que sou ainda menos ligada as músicas que são lançadas todos os dias e que tocam na rádio. Por isso essa categoria é para a música que eu mais ouvi esse ano e essa é Jackie ans Wilson de Hozier.  


E é isso, esse foi meu 2015. Espero que tenham gostado, deixem nos comentários quais seriam as suas escolhas e quais são as minhas das quais mais gostaram. Não deixem de nos acompanhar nas redes sociais, abraços e até logo.


E-mail: pag394@outlook.com

Um comentário:

  1. OMG! Que coisa linda estar aqui nesse post, e você ainda citou meus dois livros! <3
    É muito amor!!! Obrigada, lindona! Fico muito feliz que tenha gostado de ler minhas obras.
    Também ameeeei Divertidamente!!! E Jessica Jones! E Sense 8! E Mentirosos! E Orphan Black! Ai meu Deus, é muita coisa legal nesse post. O que eu não vi/não li anotei de dica. :)
    Feliz Ano Novo e obrigada por ser essa coisa fofa e querida, Carol!!!

    ResponderExcluir

Segue o Página 394

Twitter

Nosso instagram